Menu
Logo da Etesco Construções

Conheça o processo de Revitalização de um Rio

Atualizado em 18/02/2022
Tempo de leitura: 3 min.

Uma boa parcela dos rios brasileiros, infelizmente, não recebe o tratamento que realmente merecia. Mas, você sabia que é possível revitalizar os rios poluídos? Sabe como é feita a revitalização de um rio?

No post de hoje, vamos responder a essas perguntas. Continue nos acompanhando!

A Revitalização é realmente Possível?

Se pararmos para pensar, os rios podem ser uma excelente fonte de irrigação e consumo. Porém, nem todos podem oferecer coisas boas.

Em geral, os rios são poluídos devido ao descarte de resíduos sólidos, que acabam interferindo na qualidade da água, fazendo com que ela se torne inapropriada para uso e manutenção no ecossistema.

Além disso, muitas vezes, a água contaminada acaba sendo consumida de alguma forma, e isso contribui para a transmissão de diversas doenças e problemas de saúde, como por exemplo, a hepatite.

Mesmo diante de todos esses problemas, ainda é possível realizar a limpeza dos rios por meio da revitalização. 

No processo de revitalização de um rio são utilizadas algumas técnicas, responsáveis por reduzir de maneira significativa a poluição da água, fazendo com que as impurezas se tornem menores.

Como funciona a Revitalização de um Rio?

Podemos dizer que a despoluição de um rio é feita a partir da coleta adequada do esgoto, ou seja, é necessário que ele seja tratado antes de ser despejado diretamente no rio.

Neste caso, deve haver um direcionamento maior das estações de efluentes (ETE), que são responsáveis pela ‘qualidade’ de um esgoto.

Mas, ainda assim, a ETE não consegue despoluir os rios sozinha. E é aí que entra a revitalização que falamos anteriormente, com técnicas específicas para a despoluição dos rios. Entre as principais, podemos destacar:

Flotação

Essa é uma técnica que pode ser utilizada em rios que não são muito extensos. Ela ajuda a separar de maneira físico-química todos os resíduos, incluindo as substâncias despejadas na água, com efeito coagulante.

Durante o processo, as partículas sólidas passam a flutuar e assim é injetado oxigênio ao fundo do rio, para que os fragmentos não afundem e o lodo desidrate.

Dragagem

Essa é uma técnica diferente, pois pode ser aplicada em rios mais extensos. Uma embarcação é equipada com bombas de sucção e retira as camadas de resíduos, eliminando as chamadas ‘placas’ do fundo do rio.

Tratamento Ecológico

Já a técnica de tratamento ecológico é mais fácil, sendo utilizada em lagos, canais e rios contaminados. Ela ocorre a partir da instalação de jardins que flutuam. São colocadas ilhas artificiais cobertas por meio dessas plantas.

Por sua vez, as plantas são as responsáveis por filtrar os poluentes, sem a necessidade de produtos químicos. Além de ser uma técnica com um orçamento mais baixo do que as convencionais.

Gradeamento

Por fim, temos o gradeamento, utilizado tanto em rios quanto estações de tratamento. Através dessa técnica, algumas grades de metal são colocadas na parte do rio que é rasa, o que retém os materiais sólidos.

O que Fazer após a Revitalização de um Rio?

Após o processo de despoluição do rio, para que a limpeza seja mantida, é necessário realizar um trabalho de conscientização em prol da preservação da água e principalmente da sua recuperação.

Bônus: A Despoluição do Rio Pinheiros

Em 2021, mais precisamente no mês de julho, o projeto de despoluição do Rio Pinheiros teve seu início.

Com uma proposta diferente, oferecendo um trabalho colaborativo entre os setores, o projeto recebeu o nome de Novo Rio Pinheiros e colocou em prática várias intervenções em áreas de grandes afluentes, com ações que conscientizam a população a recuperar os cursos de água da região próxima a esse rio.

A ideia do governo de São Paulo é que esse seja um rio despoluído e muito mais limpo e agradável em meados desse ano.

Gostou de conhecer o processo de revitalização de um rio? O que acha do projeto de despoluição do Rio Pinheiros? Conte-nos!

Deixe um comentário e compartilhe em suas redes sociais! Nos vemos no próximo post. Até lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 26 / 11 / 21
Você conhece as diferentes tecnologias utilizadas para o desenvolvimento de equipamentos de dragagem? Conheça quais são elas e suas características.
Ler Mais
 | 26 / 10 / 21
Sabia que a dragagem é composta por diferentes etapas? Veja como esse processo é realizado e ainda conheça os diferentes tipos de dragagem.
Ler Mais
1 2 3 5

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.