BLOG

EPI: conheça os equipamentos de proteção individual

Atividades profissionais em geral, principalmente aquelas em que o trabalhador pode sofrer algum tipo de risco físico, devem ser efetuadas com o auxílio de um EPI.

Você sabe o que é um EPI?

O EPI é a sigla de Equipamento de Proteção Individual, que inclui protetores auriculares, máscaras, capacetes, luvas, botas, cintos de segurança, entre outros diversos itens de proteção para o momento do serviço. Esses acessórios costumam ser fundamentais em fábricas e processos industriais, mas devem ser utilizados na construção civil.

A importância do EPI para a saúde e proteção

O EPI é muito importante para garantir toda a proteção do trabalhador, evitando a ocorrência de possíveis acidentes. Além disso, ele também é utilizado para garantir que o profissional não seja exposto a problemas que possam comprometer sua capacidade de trabalho.

Para uma empresa fornecer os equipamentos de proteção individual é necessário que ela elabore um estudo dos riscos ocupacionais, um trabalho que ajudará a identificar os perigos decorrentes de um determinado serviço, e assim reduzi-los ou neutralizá-los.

O uso dos equipamentos de proteção é determinado por uma norma técnica chamada NR 6, que determina que os EPI´s sejam fornecidos de maneira gratuita ao trabalhador, para o bom desempenho das funções da empresa.

Os supervisores da empresa têm a obrigação de garantir o uso adequado dos equipamentos de proteção individual, para serem utilizados durante todo o expediente. Em casos de equipamentos danificados ou perdidos, é uma responsabilidade da própria empresa substituí-los.

Os tipos de EPI

São vários os equipamentos de proteção individual, definidos conforme a região do corpo que eles protegem. Entre os principais estão:

Proteção da cabeça e face

Para proteger essa região do corpo, são utilizados capacetes em dois modelos: com aba frontal ou total (para manter a cabeça protegida contra colisões) e com aba frontal ou total e viseira (protege a cabeça e o rosto em tarefas que o expõe a agentes nocivos). Além do capacete, também há o protetor facial para evitar poeira, respingos de agentes químicos, etc.

Proteção de olhos

No caso da proteção dos olhos, são usados óculos de segurança, com as mais diversas características, dependendo da atividade profissional em questão. Sua função principal é proteger o olho do funcionário contra o impacto de objetos ou a emissão de raios ultravioletas.

Proteção respiratória

Os protetores respiratórios ajudam a proteger do efeito de gases nocivos, da poeira, das névoas e outras substâncias que podem causar alergia ou irritações. Esse tipo de proteção consiste basicamente em uma peça que cobre a boca e o nariz, ou máscaras que cobrem o rosto todo.

Os protetores respiratórios ajudam a proteger do efeito de gases nocivos, da poeira, das névoas e outras substâncias que podem causar alergia ou irritações. Esse tipo de proteção consiste basicamente em uma peça que cobre a boca e o nariz, ou máscaras que cobrem o rosto todo.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *