BLOG

Fundações: 7 principais tipos utilizados na construção civil

Fundações são elementos estruturais com o objetivo de auxiliar o terreno a distribuir e suportar a carga de pressão gerada pelos carregamentos e esforços, que são exercidos pelo peso da própria estrutura.

A imagem mostra uma fundação.

Existem alguns tipos de fundações e no post de hoje falaremos um pouco mais sobre eles. Continue nos acompanhando!

Como é feito o estudo de solo? Clique aqui e saiba mais!

Fundação: Principais características

Por mais leve que seja, toda edificação precisa de um sistema de fundação para que a sua carga seja transferida ao solo. Isto porque é necessário ter rigidez e resistência adequadas para que a construção não seja comprometida e não exista rupturas.

Desta forma, então, podemos dizer que as fundações são feitas de acordo com o tipo de solo e o tipo de carga, que poderá ser negativa, positiva, horizontal ou vertical, além dos equipamentos disponibilizados.

Antes de escolher o tipo de fundação, é preciso saber quais são os esforços da edificação, isto é, quais as características que o solo apresenta e os elementos que ela forma.

Conforme dissemos, tudo dependerá do tipo de solo, peso e tamanho do imóvel. E para que você compreenda melhor cada um dos tipos de fundações, explicaremos os 7 principais tipos abaixo.

Quais os tipos de fundações?

Basicamente, existem dois tipos de fundações na construção civil, sendo elas a superficial e a profunda. Cada uma delas apresenta suas próprias derivações. Acompanhe a seguir!

Fundação superficial

Fundação superficial é transmitida ao terreno de maneira predominante, por conta das pressões que existem em sua base.

Apresenta uma profundidade de escavação que chega a ser inferior a 3 metros, podendo ser utilizada em cargas leves. Pode ser classificada como:

Sapata

Fundação superficial é transmitida ao terreno de maneira predominante, por conta das pressões que existem em sua base.

Apresenta uma profundidade de escavação que chega a ser inferior a 3 metros, podendo ser utilizada em cargas leves. Pode ser classificada como:

Blocos

De acordo com a NBR 6122/2010, blocos de fundação podem ser dimensionados sem a necessidade de armadura. Isto porque as tensões de tração que agem neste elemento, se mostram resistentes diante do concreto, devido às dimensões que o bloco apresenta.

São recomendados para obras de pequeno porte, onde o solo possui boa capacidade de suporte.

Radier

É um tipo de fundação semelhante a uma laje, abrangendo toda a área da construção. O radier se comporta como laje de concreto armado, em contato direto com o terreno, recebendo cargas provenientes da estrutura das sobrecargas, se distribuindo pela grande área.

Em geral, são utilizados em obras de pequeno porte, com algumas vantagens de baixo custo, rapidez e mão de obra reduzida.

Fundação profunda

Fundação profunda é aquela onde a carga exercida é transmitida pela resistência de fuste (lateral), ponta (base) ou pelas duas juntas.

Esse tipo de fundação deve ter profundidade superior ao dobro da sua menor dimensão. Existem algumas variantes dessa fundação profunda, que vamos destacar a seguir.

Estacas de concreto pré-moldadas

Podem ser feitas de concreto armado ou protendido, cravadas por percussão, vibração ou prensagem.

O método escolhido para cravar uma estaca varia de acordo com a dimensão da mesma, além das condições do solo e as características do projeto. Esse tipo de estaca apresenta boa capacidade de carga e alta resistência a flexão.

Estacas metálicas

A estaca metálica é semelhante à pré-moldada de concreto e realiza o mesmo processo de cravação no solo. O único diferencial é que ela atinge uma profundidade maior, uma vez que as emendas são feitas com mais segurança e facilidade.

Estacas de madeira

Em geral, as estacas de madeira englobam troncos de árvores, que são cravados. É muito utilizada em obras provisórias, porém em obras permanentes, elas precisam de tratamento contra os ataques de fungos, bactérias entre outros microrganismos.

Estacas Franki

Possui uma alta capacidade de carga e alcança grandes profundidades. Sua execução pode ser feita através de perfurações, por meio da cravação de um tubo de ponta fechada, com o auxílio de um bate estaca.

Conforme o tubo vai sendo retirado, a armadura e o concreto são inseridos nessa estaca. Ela é conhecida também por causar vibrações, ter um custo elevado e uma execução demorada.

Bônus: Tubulão

O tubulão é uma espécie de estaca que possui um diâmetro de no mínimo 50 cm. Pode ter uma base meio larga, precisando que um operário desça para executar a base. É dividido em tubulão a céu aberto e tubulão de ar comprimido.

Quais os melhores tipos de fundação? Descubra clicando aqui!

Você já conhecia todos esses tipos de fundações utilizadas na construção civil?
Conte-nos nos comentários!
E não perca os próximos conteúdos em nosso blog!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *