Menu
Logo da Etesco Construções

O que é a NR 35 e qual a sua função?

Atualizado em 12/04/2022
Tempo de leitura: 3 min.

Sabemos que durante as atividades no canteiro de obras, podem ocorrer acidentes. E quando o assunto é altura, muitas vezes, acontecem quedas relacionadas à falta de segurança. Pensando nisso, foi desenvolvida a NR 35, visando medidas de segurança para os trabalhadores.

Mas, qual é a função da NR 35? É o que vamos esclarecer no post de hoje. Fique conosco e acompanhe!

Afinal, o que é a NR 35?

A NR 35 é um Norma Regulamentadora estabelecida pelo Ministério do Trabalho, que determina parâmetros de proteção para todas as atividades que sejam realizadas em altura. 

A norma se destaca na lista de principais regulamentações que não podem ser ignoradas no setor da construção civil, visando o levantamento de medidas seguras para evitar os riscos de queda, de acordo com cada trabalho exercido.

Para ficar ainda mais claro, vamos destacar algumas disposições da NR 35 para o trabalho realizado em altura. 

Existe uma série de obrigações que devem ser seguidas pelo empregador, assegurando a proteção do colaborador, como por exemplo:

  • Implementar medidas protetivas delimitadas na norma referida;
  • Fazer uma análise de risco (AR) e se precisar, assegurar a Permissão de Trabalho (PT);
  • Estabelecer os procedimentos para desempenho de atividades em altura;
  • Garantir previamente as condições do ambiente de trabalho, adotando medidas complementares de segurança;
  • Assegurar que as atividades sejam feitas apenas após a adoção das medidas preventivas;
  • Garantir que o trabalho em altura seja suspenso quando houver algum risco que não esteja previsto e que não pode ser eliminado rapidamente.

Além dessas obrigações, a empresa deve manter os documentos em dia e também deve informar aos colaboradores sobre os riscos e as medidas de proteção que serão tomadas.

Como a segurança no trabalho não é responsabilidade apenas do empregador, a NR 35 estabelece algumas exigências para os colaboradores. 

Assim sendo, cabe ao trabalhador zelar pela sua segurança, e de terceiros, cumprir as exigências legais e suspender as atividades quando constatar graves riscos.

Acidentes que podem ocorrer com o trabalho em altura

Para um profissional realizar um trabalho em altura, é necessário conhecimento técnico e condicionamento físico. E apesar da NR 35 definir as medidas de proteção, quanto maior a altura, maiores os riscos de acidentes.

Entre os acidentes que podem ocorrer, estão: a falta de treinamento adequado do trabalhador, uso de equipamentos de segurança de maneira inadequada, ausência de planejamento, aumento do volume de trabalho, excesso de confiança, entre outros.

Em geral, a queda em altura está entre os acidentes mais comuns, por isso é fundamental que a empresa tenha uma boa preparação para que evitar problemas. O fornecimento de EPIs é importante para que a segurança seja mantida.

Eficiência da NR 35: como avaliar?

Como qualquer outra norma, não basta simplesmente colocar a NR 35 em prática e esperar que ela funcione sozinha. São necessárias avaliações periódicas para adequar os pontos e manter sua efetividade.

Se você entende a importância da norma, mas não sabe por onde começar, abaixo listamos algumas dicas para te ajudar nessa tarefa.

Faça a revisão dos procedimentos

Veja se todos os trabalhadores que fazem suas atividades em altura receberam treinamento, isto é, se sabem como usar e estão usando os EPIs. 

Isso é importante pois, muitas vezes, os procedimentos padronizados sofrem modificações ao longo do tempo, sendo totalmente descaracterizados. Por isso, constantemente deve-se ter essa revisão, para saber se ainda estão de acordo com a lei.   

Identifique os reais problemas

Mesmo que exista um padrão considerado como trabalho em altura, as condições e o ambiente podem variar, portanto, essa deve ser uma análise individual feita pelos responsáveis pela segurança, identificando os verdadeiros riscos. 

Para finalizar, podemos dizer que o treinamento e capacitação são essenciais para a conscientização dos trabalhadores sobre os riscos de tais atividades. Portanto, a NR 35 precisa ser cumprida conforme as exigências previstas.

Gostou do conteúdo? Possui mais alguma dúvida sobre o assunto? 

Deixe um comentário e compartilhe em suas redes sociais! Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 10 / 05 / 22
CREA é a sigla para Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, responsável pela fiscalização e regulamentação de atividades nessas áreas. Entenda como funciona!
Ler Mais
 | 29 / 04 / 22
A NR 18 é a norma regulamentadora que estabelece diretrizes de organização no canteiro de obras, pensando na saúde e segurança do
Ler Mais
1 2 3 17

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.