BLOG

Os benefícios econômicos do saneamento básico

O abastecimento de água potável, limpeza urbana, tratamento de esgoto, entre outros, são algumas das ações que podem ser praticadas em uma comunidade. Em geral, quanto mais completo for o sistema de saneamento básico, mais as pessoas terão uma vida saudável e de qualidade.

Mas, muito além destes benefícios, o saneamento básico apresenta também outras vantagens que não estão apenas relacionadas à saúde, mas sim aos impactos econômicos, que no caso, são positivos. Continue nos acompanhando para mais informações!

Impactos na população

Você já parou para pensar, alguma vez, na quantidade de pessoas que estão envolvidas em atividades de saneamento básico? E já pensou como seria a vida de todos, caso as cidades não tivessem recursos como este? Até as empresas correriam o risco de não serem instaladas em lugar algum, se não houvesse o suporte destas atividades.

Não é todo mundo que apresenta esse tipo de visão, mas é importante entender que o saneamento básico exerce bastante impacto sobre a economia de uma determinada região. O acesso à água, a coleta e o tratamento de esgoto, por exemplo, são essenciais para garantir o mínimo de condições que uma sociedade precisa para mostrar organização.

A falta de saneamento básico acaba inibindo a instalação de escolas, hospitais e outras instituições que oferecem condições para que uma comunidade prospere. É por isso que muitas atividades ficam limitadas com a carência desses serviços, até mesmo as industriais e comerciais, provando que o saneamento básico é um importante fator econômico.

Economia e saneamento básico

Todas as atividades que o saneamento básico oferece permitem que uma comunidade alcance ganhos econômicos e sociais. Isso ocorre devido aos recursos oferecidos por elas, pois trazem impactos positivos ao setor de educação, saúde e turismo, trazendo valorização imobiliária e produtividade.

Quando esse tipo de investimento é feito, o setor promove geração de renda de maneira direta, indireta ou induzida. As pessoas então passam a ter poder aquisitivo, e começam a movimentar a economia local, e as empresas e indústrias veem opções de mercado, e se instalam nessas regiões.

Tudo isso gera o crescimento de uma cidade, principalmente com o recolhimento de tributos que possibilitam os investimentos de promover cada vez mais melhorias, e isso impacta na qualidade de vida da comunidade.

O que achou do post de hoje? Deixe sua opinião nos comentários.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *