Menu
Logo da Etesco Construções

Sistema de Abastecimento de Água: como funciona?

Tempo de leitura: 3 min.

Você sabia que nem toda água encontrada na natureza é apropriada para o consumo? Por isso existe o Sistema de Abastecimento de Água, para levar água potável para as regiões.

Mas afinal, como funciona o abastecimento? Quer descobrir? Então, acompanhe o post de hoje! 

A função do Sistema de Abastecimento

O sistema de abastecimento de água envolve os equipamentos, serviços e obras que visam levar água potável para o consumo doméstico, industrial, serviço público, entre outros. 

Podemos dizer que, do ponto de vista sanitário e social, esse sistema apresenta alguns objetivos específicos, que são definidos como: 

  • Facilitar a limpeza;
  • Implantar hábitos de higiene;
  • Proporcionar conforto, segurança e bem-estar da população;
  • Prevenir e/ou controlar doenças. 

Com relação aos aspectos econômicos, podemos destacar:

  • Aumentar a expectativa de vida;
  • Melhorar a qualidade de vida da população;
  • Facilitar a supervisão do sistema;
  • Facilitar o controle de qualidade da água.

Como é projetado o Sistema de Abastecimento?

O abastecimento da água é algo essencial para uma comunidade, e por isso é necessário que ele seja feito por meio de um sistema estruturado e com o mínimo de falhas possível. Desta forma, a água potável chegará de fato ao consumidor final. 

Mas, para que isso seja possível, o sistema de abastecimento deverá ser projetado. Geralmente, é feito um estudo de localidade, considerando vários fatores.

Assim sendo, antes de iniciar o processo de construção é necessário, primeiro, definir qual será a população atendida e quais as necessidades desse local, e se existe chances de aquela cidade crescer. 

Também deve-se escolher um manancial, que nada mais é do que a fonte de onde será retirada a água.

Após esse processo, também são avaliados alguns outros quesitos, como por exemplo, a topografia da região, localização e se existem focos de contaminação.

Com base nisso, é definida a forma de captação da água, considerando que um manancial pode ser subterrâneo ou superficial.

Quando o manancial é subterrâneo, a água vem de poços artesianos cavados por cerca de 50 a 100 m. Somente moto bombas conseguem trazer o líquido para a superfície.

Por sua vez, a água do manancial superficial é retirada de rios, represas ou lagos e transportada através de bombeamento ou gravidade.

Unidades do Sistema de Abastecimento

Existem algumas unidades que compõem o sistema de abastecimento de água, sendo elas:

Manancial

Conforme dissemos, essa é a principal fonte de onde se obtém a água.

Captação

Envolve os equipamentos e instalações que fazem a captação da água do manancial, enviando para o sistema de abastecimento.

Adução

Nessa etapa, a tubulação faz a ligação entre a captação e a unidade de tratamento para onde é distribuída.

Tratamento

O tratamento pode variar de acordo com a qualidade da água, mas isso não é uma regra. Em geral, passam por alguns processos, como a coagulação, floculação, decantação, filtração, cloração, fluoretação e correção da acidez.

Reservatório

Onde a água é armazenada após o tratamento. Mas também pode ter a função de manter determinada pressão na rede ou no controle de variação de consumo.

Rede de distribuição

Leva a água até o consumidor final. Nessa etapa, o projeto é fundamental para realizar a devida distribuição para o sistema de abastecimento. 

Além disso, a pressão é analisada, pois não se pode ultrapassar os limites indicados na NBR 12218, norma responsável por regulamentar os projetos de distribuição.

Ramal Domiciliar

É o que faz a ligação entre a rede e as residências. Em outras palavras, é a ligação do encanamento com a unidade. 

Então, o que acha dessas etapas do sistema de abastecimento de água? Já sabia de toda essa preparação antes de ter a água em sua casa? 

Comente abaixo. E compartilhe em suas redes sociais! Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 08 / 10 / 21
A estação de tratamento de esgoto (ETE) é o local onde o esgoto residencial e industrial passa por uma série de processos para fazer a separação dos poluentes e da água, a fim de devolvê-la o mais limpa possível ao meio ambiente. A água coletada pelo sistema de esgoto não pode ser enviada nesse estado […]
Ler Mais
 | 10 / 08 / 21
Um rio poluído é consequência do descarte inadequado de resíduos sólidos, e para recupera-lo, é necessário realizar a despoluição. ENTENDA!
Ler Mais
1 2 3 8

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.