BLOG

Terraplanagem: O que é e para que serve

Terraplanagem é o processo de aplicação ou retirada de terra, para que um terreno possa se tornar plano. Basicamente, é a fase de nivelamento do solo para uma construção.

A imagem mostra uma escavadeira tirando terra de um terreno.

Características principais da terraplanagem

Cada terreno apresenta características próprias, e o nivelamento do solo acompanha essa diversidade, para que uma construção seja feita com segurança. Por isso, o termo terraplanagem é muito utilizado pelos profissionais e técnicos da construção civil.

Antes de realizar a terraplanagem, é importante que o terreno esteja limpo, ou seja, sem detritos ou vegetação, tais como árvores, madeira, pedras, entre outros itens. Desta forma, as máquinas poderão trabalhar de maneira adequada.

As obras, então, acontecem em cinco etapas, sendo elas:

● Aterramento;
● Escavação;
● Destocamento;
● Drenagem;
● Demolição;
● Compactação do solo.

Como funciona o processo?

Conforme dissemos, antes de construir, é necessário fazer uma análise do terreno, pois ele precisa estar plano. Nos terrenos onde existe terra em excesso, a escavação e o carregamento são necessários para remover o que estiver em grande quantidade.

Por outro lado, se houver pouca terra, serão utilizados caminhões basculantes para transportar a terra até o local, com o objetivo de aterrá-lo.

Além disso, também é importante observar os níveis e cotas do terreno. Isto porque, em alguns casos, será necessário realizar um levantamento topográfico da região onde será a obra.

O engenheiro envolvido no projeto deve observar o tipo de terra, bem como o local, e nivelar de acordo com o solo ao redor do local.

E para que o terreno seja plano, a terra dos locais mais altos deverá ser retirada e depositada nas partes onde o terreno está mais baixo. Isso fará com que ele fique uniforme.

Ainda sobre os métodos que geralmente são usados neste processo, temos então:

Aterramento

Quando é necessário aplicar terra no terreno, sendo a mais usada a terra vermelha.

Escavação

Momento da retirada da terra do local;

Destocamento

A retirada dos restos de árvores ou plantas.

Drenagem

A retirada da água do local.

Demolição ou remoção

Para aqueles terrenos que já contam com uma edificação, a mesma precisará ser retirada.

Compactação do solo

Através do uso de compressores, busca-se estabilidade para o procedimento.

Indicações para terraplanagem

Na prática, o que definirá, ou não, a necessidade desse procedimento é o perfil que o terreno apresenta, as cotas abaixo ou acima dos níveis da rua, além do grau de dificuldade para executar o nivelamento.

Por exemplo, se o terreno tiver cotas muito baixas, em declive, ou muito acima do esperado, em aclive, das cotas de uma rua, será preciso recorrer aos serviços de terraplanagem.

Esse procedimento também pode ser feito para ajudar em obras de engenharia de solo, com a construção de estradas, rodovias, barragens, canais e valas, na abertura de depósitos minerais, e na fundação para edifícios e estruturas erguidas sob outros materiais.

Qual o tempo de duração da terraplanagem?

Assim como qualquer outra fase de uma obra, a terraplanagem é uma etapa muito importante. Seu tempo de duração varia de acordo com as condições externas.

Em geral, dura em média 40 a 90 dias, podendo se estender até mais de 180 dias. Tudo dependerá das condições do local, e do volume do solo que será trabalhado. Terrenos que forem muito complexos, ou se houverem chuvas constantes, podem atrasar o resultado final.

Caso a terraplanagem seja malfeita, o que pode acontecer?

​Infelizmente, nem todos os profissionais se atentam ao que de fato é a terraplanagem, e como ela deve ser feita. Assim, acabam realizando o serviço sem a orientação de uma empresa especializada. Também tem aqueles que optam por um serviço ‘mais barato’.

Mas, quando isso acontece, o resultado pode ser desastroso, e até mesmo colocar a obra em risco. Entre os problemas mais comuns, estão a erosão e o deslizamento de terra.

Nesses locais também pode ser necessária uma boa drenagem das águas da chuva, além da construção de muros para contenção da terra. Outro cuidado essencial é com relação à inclinação segura do terreno, para evitar descida de barreiras.

Por fim, antes de retirar a vegetação do espaço, é importante conferir se não é uma área de preservação, ou seja, se não será preciso uma licença de corte.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre esse tema, conte-nos o que achou do conteúdo. E não esqueça de compartilhar em suas redes sociais!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *