Menu
Logo da Etesco Construções

Terreno em Declive: Vale a pena construir?

Atualizado em 05/04/2022
Tempo de leitura: 2 min.

O terreno em declive é caracterizado por uma diferença de nível, sendo mais alto na frente e com o fundo mais baixo, que na maioria das vezes, é menor que o nível da rua.

Mas, será que vale a pena construir em um terreno como esse? Falaremos sobre esse assunto no post de hoje. Continue lendo!

Detalhes de um terreno em declive

A palavra declive é derivada de descida ou declínio. Quando relacionada a um terreno, por exemplo, pode representar problemas para a construção. Isto porque, para começar uma obra, é necessário que o terreno seja plano.

Por conta da alta inclinação, pode causar uma certa insegurança ao ponto de ninguém pensar em habitar o local.

É aí que entram os profissionais de engenharia e arquitetura, que sabem exatamente o que deve ser feito antes de começar a construir em um terreno como esse, aproveitando-o da melhor forma possível. 

A construção no terreno em declive é vantajosa?

Os terrenos planos ainda são os mais procurados para construção. Porém, o terreno em declive pode ser vantajoso para quem deseja um imóvel com uma proposta diferenciada. 

Podemos dizer que ele apresenta o seu próprio encanto e valoriza o projeto de alguma maneira por meio dos seus desníveis, que contribuem para ambientes externos inovadores.

Além disso, você também pode acrescentar escadas e rampas para dar um toque charmoso para a construção. E na parte de trás, que geralmente fica mais discreta, montar espaços de lazer e até mesmo um jardim, que poderá ser irrigado com facilidade, devido à inclinação do terreno.

Vale ressaltar que, por ser menos requisitado, o terreno em declive acaba tendo um valor mais barato em relação aos demais, e isso pode ajudar o proprietário a economizar para investir em outros imóveis futuramente.

Como aproveitar um terreno em declive?

O nivelamento seria uma das principais alternativas. Também poderia ser construído um muro de sustentação, ou ainda manter o declive original, projetando a construção em mais de um nível.

Outra opção seria um sistema de escadas, ajudando a criar dois ou três níveis mais planos, como degraus de uma escada de verdade. Para isso, será necessário um projeto bem elaborado.

Por exemplo, você pode pensar na construção de uma garagem no primeiro plano, uma sala, área de serviço e cozinha no segundo e um quarto no terceiro plano, como se fosse um sobrado em diagonal.

Conforme dissemos, é importante verificar as possibilidades com um arquiteto e um engenheiro, considerando que o nivelamento pode sair um pouco mais caro e somente os profissionais podem fazer o projeto corretamente.

Por fim, também existe a opção de fazer uma casa na parte de cima e uma garagem na parte de baixo, aproveitando a topografia do terreno.

E então, o que acha sobre o terreno em declive? Já sabia dessas vantagens?

Comente abaixo e compartilhe em suas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Os aditivos para concreto são utilizados para melhorar a resistência e maleabilidade do concreto, que é composto por água, cimento e agregados. ENTENDA MELHOR!
Ler Mais
A NBR 15575 é uma norma que envolve o desempenho de edificações e visa estabelecer um alto padrão de qualidade para todos os projetos. Entenda o principal objetivo!
Ler Mais
1 2 3 57

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.