Logo da Etesco Construções
Menu

Conheça as principais patologias na construção civil e saiba como evitá-las

Atualizado em 16/08/2021
Tempo de leitura: 3 min.

As patologias na construção civil são caracterizadas como problemas que podem acometer as matérias-primas utilizadas em um empreendimento.

Conheça as principais patologias na construção civil e saiba como evitá-las | Etesco Construções

No post de hoje, falaremos um pouco mais sobre este assunto, e você vai descobrir quais são as principais patologias desse segmento. Acompanhe!

Principais aspectos das patologias na construção civil

Imagine a seguinte situação: Uma família compra um imóvel, depois de muito tempo batalhando por ele. E de repente, se depara com vários defeitos em seu interior. A princípio, parece algo inofensivo, mas pode esconder problemas mais graves de infraestrutura.

Isso é o que podemos chamar de ‘patologias na construção civil’, uma questão cada vez mais discutida entre os proprietários de construtoras e todos que trabalham nesta área, por conta das exigências do consumidor, que estão cada vez maiores.

Basicamente, o termo patologia se refere aos erros e danos que a parte estrutural de um projeto pode apresentar. 

E a explicação para isso pode estar na falta de planejamento antes da obra, no armazenamento incorreto de materiais e até nas más condições de trabalho dos colaboradores.

Quando esses fatores são negligenciados, acabam provocando a desvalorização do imóvel, bem como um impacto negativo para a construtora e os engenheiros que estão à frente do projeto, comprometendo também a evolução das obras.

As patologias mais comuns na construção civil

Existem vários indícios de patologias na construção civil, que apresentam alguma característica prejudicial para o projeto. Essas manifestações podem aparecer de diversas formas. 

Entre os principais tipos de patologias na construção civil, podemos destacar:

Infiltração

Como consequência de uma falha na instalação da parte hidráulica, surgem manchas úmidas nas paredes, no teto, na fachada e até no piso, causando uma dor de cabeça muito grande.

Dependendo da causa da infiltração, pode ser mais difícil de resolver o problema. Por isso que, muitos moradores e proprietários de imóveis acabam se queixando de umidade.

Trincas e fissuras 

São aparentemente inofensivas, mas indicam que houve, principalmente, uma falha na uniformidade da mistura de concreto na hora da construção. 

A melhor forma de evitar que as trincas e fissuras ocorram, é contratando um profissional que, antes de preparar a mistura, considere as indicações ambientais, e saiba qual a dosagem correta dos materiais para utilizar na obra.

Porosidade

A porosidade é um dos problemas que podem comprometer a resistência do concreto, e também está relacionado com o processo de preparação, que não foi realizado seguindo os parâmetros de qualidade e as boas práticas da construção civil.

Rachaduras

As rachaduras são mais graves que as fissuras e trincas. Isto porque são facilmente identificadas, porém ultrapassam o diâmetro de um milímetro. 

Em geral, aparecem devido a micro movimentos de acomodação, quando a edificação está sendo levantada sobre o solo. E quando surgem em lajes, pilares e vigas, precisam de uma atenção especial para não comprometer a sustentação.

Carbonatação

A carbonatação é uma corrosão que ocorre nas estruturas metálicas, que também são chamadas de concreto. Isso acontece, muitas vezes, quando a cobertura de cimento não é suficiente, ou seja, ela não protege o aço dos processos corrosivos e se torna uma degradação contínua.

Desbotamento

O desbotamento nada mais é do que a descoloração dos pigmentos presentes nas tintas que são pouco resistentes, principalmente quando aplicadas nas áreas externas, como nas fachadas, por exemplo. 

Ela ocorre quando a luz solar é frequente sobre determinada superfície, mas isso pode ser evitado quando são utilizados produtos de alta resistência.

Bolhas

São caracterizadas por água ou ar sob uma película de tinta, textura ou gesso. A umidade é uma das maiores causas das bolhas, que podem ser evitadas com o uso de impermeabilizantes.

É possível evitar todas essas patologias?

Seja o comprador do imóvel ou o responsável pela obra, ao identificar qualquer uma dessas patologias, é fundamental procurar um profissional especializado para ajudar a melhorar o problema e resolver de forma correta.

Vale lembrar que, quanto mais rápido essas patologias forem solucionadas, menores serão os riscos de acidentes.

Deve-se considerar que a maioria das patologias ocorrem por conta da escolha do material de construção, que muitas vezes não apresentam qualidade. Então, é muito importante estar atento a este item.

Agora, conte-nos o que você acha dessas patologias? Já conhecia todas elas? 

Conhece alguém que está enfrentando esses problemas atualmente? Compartilhe esse post!

E até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O BIM é usado para auxiliar no planejamento do projeto de uma obra. Confira o que é o BIM e qual sua importância para o desenvolvimento de uma obra de construção civil.
Ler Mais
Os pré-moldados são uma opção para projetos de construção civil. Descubra quais são as vantagens deles para entender por que vale a pena escolher.
Ler Mais
1 2 3 41
© ETESCO, 2021. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por SuryaMKT
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram