Menu
Logo Links Úteis | Etesco

Conheça os principais tipos de concreto e suas aplicações

Atualizado em 17/04/2024
Tempo de leitura: 3 min.

Conforme a mistura de materiais, obtemos tipos diferentes de concreto. Isso porque modificamos características como a resistência e a flexibilidade, o que faz com que cada um seja mais adequado para uma aplicação diferente.

A imagem mostra um caminhão de concentro despejando concreto no chão
Depositphotos | Fonte: bannafarsai@gmail.com

O concreto está entre os materiais mais utilizados na construção civil, mas a sua composição varia. Isso porque para obter concreto misturamos cimento, água, agregados e até mesmo aditivos. Dessa forma, alteramos as características desse material e criamos diferentes tipos de concreto.

Essas variações são importantes porque cada tipo de concreto é indicado para uma aplicação diferente, de acordo com as propriedades que ele apresenta. Assim é possível atender com precisão a necessidade de cada obra, dependendo das características do projeto e de outros fatores, como a disponibilidade, o custo e a produtividade.

Neste artigo listamos algumas variações desse material para você conhecer e compreender as aplicações. Acompanhe.

1. Concreto convencional

Está no topo da lista por ser o primeiro tipo de concreto que surgiu. Ele é composto por uma mistura de cimento, água e agregados, tanto miúdos quanto graúdos. Para que a sua execução seja correta, é necessário o uso de adensadores e vibradores.

Apresenta uma consistência mais seca por não conter aditivos, logo, tem uma trabalhabilidade também menor. Assim, seu lançamento é feito utilizando transportes manuais, como carrinho de mão e grua. Tem uma boa resistência à compressão, mas sua flexão é baixa. Pode ser aplicado em fundações no solo, pisos de edificações e lajes.

2. Concreto armado

Trata-se da junção do concreto com uma armadura de metal. A união deles forma uma estrutura que apresenta boa eficiência em relação à compressão e flexão. Os arranha-céus modernos construídos em grandes metrópoles usam esse tipo de concreto. Ele também é aplicado em campos de futebol e pontes.

3. Concreto leve

Esse tipo de concreto é composto por agregados leves. Por isso, apresenta uma menor massa específica. Mesmo assim, tem uma boa resistência e é utilizado quando há necessidade de reduzir o peso da estrutura. Costuma ser aplicado em estruturas pré-moldadas ou pré-fabricadas.

4. Concreto de alta resistência

Como seu nome indica, entre os diferentes tipos de concreto este apresenta uma resistência superior às misturas convencionais. Ele consome uma maior quantidade de cimento, por isso, tem uma forte tendência para refração. Mas o uso de aditivos ajuda a minimizar essa característica.

É utilizado, principalmente, em edificações de concreto moldado in loco, fundações e na estrutura de edifícios com muitos pavimentos.

5. Concreto usinado 

Também é chamado de concreto dosado em central. Ele é produzido em concreteiras, logo, há um elevado controle de qualidade, realizado por meio da pesagem dos materiais utilizados e pelo tempo de mistura. Nesse caso, é possível personalizar a resistência do concreto, além de especificar e o tempo de pega, se maior ou menor.

6. Concreto rolado

Os materiais utilizados para esse tipo de concreto são muito parecidos com aqueles utilizados no concreto convencional. Mas há um uso menor de cimento, o que reduz a trabalhabilidade. Por isso, esse tipo de concreto é utilizado em especial como sub-base de pavimentações, em pisos de estacionamento e barragens. Ele é aplicado por meio de compactação utilizando rolos compressores.

7. Concreto celular

Nesse tipo de concreto substituímos os agregados de menor massa específica por um tipo de espuma especial. Por isso ele é mais leve em relação ao concreto convencional. Assim, costuma ser uma boa alternativa para divisórias, paredes, pisos e em painéis pré-moldados ou pré-fabricados.

8. Concreto protendido

Para obtermos o concreto protendido são aplicados cabos de alta resistência dentro da estrutura de concreto, formando a ancoragem. Com essa técnica, é possível alcançar maior resistência aos esforços de flexão. Por isso, costuma ser aplicado em construções onde há grandes vãos, por exemplo.

9. Concreto reciclado

Conforme seu nome indica, o concreto reciclado é obtido a partir do uso de diferentes elementos reciclados, como no caso de garrafas pets. Por isso, pode ser feito de muitas formas, mas ainda consiste em uma alternativa nova, e sua aplicação depende de testes e ensaios.

É importante ressaltar que a lista não termina por aqui. Existem diversos outros tipos de concreto e como dito, cada um deles tem as suas próprias características. Por isso, é muito importante um estudo detalhado de cada projeto para entender as necessidades e especificidades, a fim de escolher o material ideal.

 TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Asfalto de borracha: veja como ele está revolucionando a pavimentação urbana com exemplos de aplicação e seus impactos positivos.
Ler Mais
Estudo de solo: veja como interpretar relatórios de estudo de solo para otimizar o manejo da terra.
Ler Mais
1 2 3 18

Desenvolvido por Surya Marketing Digital.

Todos os direitos reservados © 2024
Site atualizado em:
14:30 | 23/07/2024