Menu
Logo da Etesco Construções

Entenda as etapas do Gerenciamento de Obras

Atualizado em 25/02/2022
Tempo de leitura: 3 min.

Cada etapa de uma obra precisa ser bem planejada para ter um resultado positivo. Para isso é necessário ter um bom gerenciamento de obras, um serviço que ajuda a evitar imprevistos.

Quer saber mais sobre esse assunto e descobrir como gerenciar uma obra? Explicaremos melhor no post de hoje. Continue acompanhando! 

O que Caracteriza um Gerenciamento de Obras?

O gerenciamento de obras engloba, basicamente, a administração de tempo, mas não apenas isso, também considera os recursos e equipe para que o cronograma seja cumprido, bem como o orçamento incluso no planejamento.

Desta forma, então, quando um profissional assume a gestão da obra, ele deve garantir que todo o trabalho executado siga à risca o que está no projeto

Ao mesmo tempo, será importante detectar antecipadamente os problemas e encontrar alternativas para situações complicadas, algo que beneficiará não apenas o gestor, mas também o contratante.

Em nosso país, segundo a Lei 5.194, de 1996, os engenheiros civis e arquitetos devem realizar o gerenciamento de obras.

Assim, com a atuação do gestor desde o início da obra, as chances de a construtora cumprir as diretrizes e metas são muito maiores.

Quais as Vantagens do Gerenciamento de Obras?

O gerenciamento de obras traz algumas vantagens para a construtora e para o cliente. Entre as principais, podemos destacar a diminuição de imprevistos, uma vez que em meio a uma obra, podem surgir problemas inesperados.

Então, conforme dissemos, com um cronograma elaborado de maneira correta, é possível ter uma antecipação dos problemas e consequentemente fica mais fácil pensar na solução.

Além disso, quem está envolvido em todo esse processo, busca sempre concluir cada uma das fases do projeto com qualidade. Claro que, essas etapas precisam se adequar perfeitamente aos requisitos estabelecidos.

Neste caso, um gerenciamento de qualidade consegue controlar e monitorar os resultados no canteiro de obras. Gestão essa que também permite a introdução de processos de melhoria, como por exemplo, o aperfeiçoamento de técnicas e materiais.

E quais são as Etapas desse processo?

Agora partimos para as etapas do gerenciamento de obras, um trabalho que exige bastante atenção de todos os profissionais, que devem se preocupar desde o momento da viabilidade até o prazo de entrega.

Para uma gestão eficaz, são necessários alguns fatores como trabalhar dentro do que o orçamento pede, além de seguir algumas outras etapas que destacaremos a seguir.

Estudo de Viabilidade

Antes de dar o start em qualquer empreendimento, é importante realizar um estudo de viabilidade, tanto da parte técnica quanto econômica, avaliando os custos de construção e chances de venda. Desta forma, o construtor consegue saber se o investimento vale ou não a pena.

Nesta etapa, deve-se considerar os materiais e os métodos usados durante a obra, além do custo de contratação dos colaboradores.

A gestão de construção também oferece uma atenção especial aos fatores mais abrangentes, como restrições da área, limitações legais, entre outros.

Análise do Orçamento

A análise de orçamento também deve ser considerada, pois é fundamental levantar os valores para a construção e acompanhar as variações do mercado de maneira correta. Isso ajudará a diminuir os riscos e aperfeiçoar a gestão. 

Mas atenção: não se deve misturar os orçamentos. Devem ser analisados os preços de cada localidade e caso não saiba fazer um orçamento de maneira adequada, procurar um profissional e o auxílio de um software capacitado.

Planejamento dos Materiais

Após o estudo de viabilidade, é o momento de montar um orçamento e verificar os materiais que serão essenciais na construção, pensando também no local onde serão armazenados.

Projeto em Execução

Momento de elaborar, controlar e acompanhar todo o processo e gerenciamento de aquisições que são necessárias para a execução da obra. 

Para isso, devem ser utilizadas técnicas para o desenvolvimento e organização dos diferentes tipos e obras existentes.

Controle e Monitoramento

Após organizar cada uma das etapas, é a hora de monitorar o que está sendo feito. A gestão no canteiro de obras ajuda a evitar o desperdício de materiais, contribuindo para a redução de custos.

Além disso, o gestor deve seguir a equipe de trabalho para esclarecer possíveis dúvidas, prevenir os erros e garantir um trabalho seguro.

Pode ser estipulada uma meta diária, por exemplo, e manter o registro das etapas da obra por meio de fotografias para evitar contratempos.

Encerramento

Essa etapa é a que evidencia a importância correta da aplicação de todo conhecimento, técnicas, ferramentas e processos do gerenciamento de obras. 

Bem legal, não é mesmo? Conte-nos o que acha do gerenciamento de obras e se alguma vez já utilizou em seu projeto.

Deixe um comentário e compartilhe o conteúdo em suas redes sociais! Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Os aditivos para concreto são utilizados para melhorar a resistência e maleabilidade do concreto, que é composto por água, cimento e agregados. ENTENDA MELHOR!
Ler Mais
A NBR 15575 é uma norma que envolve o desempenho de edificações e visa estabelecer um alto padrão de qualidade para todos os projetos. Entenda o principal objetivo!
Ler Mais
1 2 3 57

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.