Menu
Logo Links Úteis | Etesco

Qual a função da argamassa e os tipos existentes? 

Atualizado em 01/09/2023
Tempo de leitura: 3 min.

Ao ser colocada em prática, uma obra passa por diversas fases e vários materiais são utilizados durante a construção. Um deles é a argamassa, sendo fundamental desde o início do processo.

Canva | Fonte: kandelfire

No post de hoje, vamos explicar melhor sobre esse material. Continue conosco para saber mais a respeito da argamassa, sua função e os tipos existentes. Acompanhe a seguir!

O que é argamassa? 

A argamassa é um material produzido pela mistura de cimento, aditivos químicos e areia. Inicialmente, ela costuma ser uma massa de espessura mole e aos poucos vai endurecendo, fornecendo a resistência e durabilidade necessárias para uma estrutura.

É um material primordial em todos os tipos de construção e sua qualidade dependerá muito do modo de preparo e dos materiais da composição. 

Onde utilizar a argamassa?

Podemos dizer que a argamassa desempenha um papel muito importante em diferentes etapas da construção. Sua função é resumida em:

Assentar tijolos ou blocos   

O material é utilizado para unir tijolos ou blocos de alvenaria, compondo paredes, pilares e outras estruturas.

Revestir superfícies

É aplicado como revestimento de paredes e também no teto, proporcionando uma superfície lisa e uniforme para pintura ou acabamento posterior.

Nivelar superfícies

Pode ser usada para nivelar pisos antes da instalação de revestimentos de cerâmica, porcelanato ou piso laminado.

Fixar peças

Em algumas situações, a argamassa é usada para fixar elementos como azulejos, pedras naturais e peças de alvenaria decorativa.

E quais são os tipos de argamassa?

Existem vários tipos de argamassa que apresentam variações em seus componentes. Para cada etapa da obra, um dos tipos pode ser utilizado. Abaixo, vamos destacar os principais:

Colante 

Argamassa colante possui em sua composição cimento Portland, alguns agregados minerais e aditivos, virando uma massa aderente com adição de água. Nesse caso, o material possui algumas divisões, sendo elas: AC-I, AC-II, AC-III, AC-III-E.

  • AC-I: usada em revestimentos ou assentamentos de pisos de cerâmica para ambientes internos;
  • AC II: pode ser aplicada em ambientes externos e internos, tendo uma boa resistência à umidade e variação de temperatura;
  • AC III: bem resistente e indicado para revestimentos cerâmicos, quando existe algum risco de acidente devido à soltura de peças;
  • AC III-E: indicado para altas tensões, por ser mais resistente e ter um tempo maior de cura.

Revestimento

Por sua vez, a argamassa de revestimento tem como  função cobrir, proteger e nivelar alvenarias que possuem fechamento estrutural, além da parte inferior de lajes. Normalmente, sua aplicação é feita em três camadas, sendo a primeira conhecida como chapisco. 

Grauteamento

Conhecida também como graute, é o resultado de areia, cimento, pedriscos e a adição de bastante água. São dois tipos de graute, sendo o mais comum a base de minerais e de baixo custo e o segundo orgânico e derivado do petróleo.  

Rejunte

É uma argamassa fina, utilizada para preencher as juntas entre azulejos, pedras ou tijolos ou em diferentes cores, para fins estéticos.

E são esses os principais tipos de argamassa utilizados durante uma construção. Agora conte-nos com qual deles você já trabalhou e se possui outras dúvidas sobre o assunto.

Deixe um comentário e compartilhe o conteúdo. 

Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estudo de solo: veja a importância na prevenção de deslizamentos e como medidas preventivas podem proteger vidas.
Ler Mais
Inteligência Artificial na construção civil: como é possível aprimorar o planejamento, execução e gestão de projetos no setor.
Ler Mais
1 2 3 110

Desenvolvido por Surya Marketing Digital.

Todos os direitos reservados © 2024
Site atualizado em:
14:30 | 23/07/2024