Menu
Logo da Etesco Construções

Normas Regulamentadoras: Qual a finalidade da NR 8?

Atualizado em 27/01/2023
Tempo de leitura: 2 min.

Sabemos que toda empresa precisa oferecer um ambiente de trabalho confortável e seguro para os colaboradores. E com as construtoras não é diferente, considerando os riscos existentes na construção civil. Justamente aí que entra a Norma Regulamentadora NR 8.  

Quer saber mais sobre o assunto e entender a função da NR 8? Continue acompanhando o post de hoje!

Afinal, o que é a NR 8?

Editada pela Portaria MTB nº 3.214, de 08 de junho de 1978, a NR 8 é uma das várias Normas Regulamentadoras existentes e que determina os padrões de segurança que devem ser seguidos pelos gestores e colaboradores na construção civil.  

Seu objetivo principal é oferecer um local de trabalho seguro e confortável para as atividades realizadas no canteiro de obras, um ambiente que, muitas vezes, apresenta riscos.

Em outras palavras, a NR 8 busca controlar e reduzir as chances de danos e tudo o que possa prejudicar o bem-estar dos envolvidos no projeto, uma vez que não há como evitar o uso de máquinas, poeira e materiais nesses locais.

E assim como as demais NRs, essa norma também precisa ser cumprida à risca, principalmente quando os colaboradores são registrados em regime CLT pela construtora.

Principais requisitos da NR 8 

A NR 8 apresenta alguns requisitos que devem ser cumpridos pelos gestores e colaboradores e estão relacionados com a qualidade da segurança das atividades realizadas em uma obra. A seguir, destacamos os principais:

Circulação 

A circulação diz respeito ao piso dos lugares onde ocorrem as obras. O ideal é que não tenham depressões, elevações e não dificultem a circulação dos colaboradores e demais indivíduos, máquinas ou materiais.

Desta forma, então, o piso deve estar em perfeito estado e com a sinalização correta, para evitar possíveis acidentes. E se o local for escorregadio, é importante aplicar um material antiderrapante.

Proteção contra intempéries

Toda parte externa ou que separa de alguma forma as unidades autônomas da obra, mesmo sem acompanhar a estrutura, deve voltar a atenção para alguns fatores específicos, como a resistência ao fogo, isolamento térmico e acústico e impermeabilidade.

No caso da impermeabilidade, os locais precisam da cobertura adequada para garantir proteção contra a chuva. Por sua vez, o isolamento acústico não pode ser excessivo, mas também não deve ser insuficiente.

Altura do piso ao teto

Esse requisito é tão importante quanto os demais e indica uma altura do piso ao teto da edificação, ou seja, em uma altura mínima ao pé, considerando as condições de salubridade, conforto e segurança. 

Como vimos, a NR 8 trata sobre as questões de segurança durante uma construção, um trabalho que apresenta altos índices de acidentes. Por isso, é importante implementá-la o mais rápido possível em seu projeto. 

Gostou de saber mais sobre essa norma? Possui outras dúvidas e gostaria de esclarecer antes de implementar a NR 8? Comente abaixo! 

E até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A sinalização de obras é uma medida fundamental para garantir a segurança de trabalhadores, pedestres e motoristas que circulam nas proximidades de uma construção. Veja mais!
Ler Mais
Existem dois tipos de armaduras, sendo a armadura positiva e a negativa muito utilizadas na construção civil. Entenda melhor e saiba o que pode diferenciá-las!
Ler Mais
1 2 3 102

Desenvolvido por Surya Marketing Digital.

Todos os direitos reservados © 2024
Site atualizado em:
13:40 | 01/03/2024