BLOG

Construção de túneis: Como funciona e qual a sua finalidade?

A imagem mostra um túnel em construção.

Ao longo do tempo, a construção de túneis foi ganhando força, e obteve um forte crescimento. Esse desenvolvimento foi impulsionado por duas grandes razões, sendo elas o aumento desenfreado de tráfego individual, e o crescimento exponencial da gestão do comércio de bens.

A necessidade contínua do ‘mais rápido e mais longe’ é claramente refletida nos fluxos das ligações de longa distância, a fim de reunir as regiões econômicas internacionais mais importantes. Neste contexto, as estruturas de túneis são extremamente importantes.

No post de hoje, falaremos um pouco mais sobre este assunto, ressaltando pontos importantes da construção de túneis. Continue nos acompanhando!

Como são construídos os túneis?

Os túneis são construídos com a ajuda de escavadeiras e furadeiras, além de dinamites. Geralmente, as furadeiras utilizadas são especiais, para a realização do processo de escavação. Também existe a possibilidade de um trabalho manual, com equipamentos específicos para cada tipo de rocha.

A construção de túneis é feita para encurtar distâncias e facilitar o acesso a algum lugar, além de resolver problemas no geral, ou superar obstáculos variados, tais como montanhas ou morros.

Mas, não é possível fazer um túnel em qualquer lugar. A construção de túneis deve ser planejada, ou seja, deve ser feita uma análise geológica completa, para determinar o tipo de material que será encontrado, assim como os possíveis riscos, para então iniciar a obra de verdade.

O engenheiro é o profissional responsável por todo o projeto, desde os cálculos até a definição dos materiais utilizados.

Inovação na construção de túneis 

O concreto, como material de construção, permitiu uma definição mais metódica e de base na construção de túneis, assim como a melhoria contínua de alguns métodos que abordam as tarefas deste tipo de construção. Com o tempo, foram surgindo sistemas padronizados, bem como uma concentração consistente no planejamento estrutural e implementação de princípios econômicos.

Durante todo esse desenvolvimento, ocorreu uma inversão considerável em termos de posicionamento: no lugar da compra de andaimes e escoramentos, ou seja, os acessórios utilizados no processo, a atenção passou a ser voltada, cada vez mais, para as ferramentas de produção e organização, através de transformações de sistemas.

E justamente, a coordenação rigorosa destes sistemas, considerados versáteis, que garantem o sucesso atual de cada local onde ocorrem as construções de túneis.

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário abaixo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *