BLOG

Construção modular: Como funciona?

Será que você conhece ou já ouviu falar em construção modular? A construção modular é algo que chegou para tornar a construção civil compatível com as mudanças do século XXI, aumentando assim e eficiência e a eficácia e flexibilidade das edificações. No post de hoje, falaremos mais sobre este assunto, e explicaremos como funciona esse tipo de construção. Continue nos acompanhando!

O que é uma construção modular?

Para uma pessoa que nunca viu uma construção modular, uma forma fácil de explicar é dizer que essa é uma obra fabricada e transportada em ‘fatias’, em caminhões, e quando chega ao seu terreno, essas ‘fatias’ se juntam e a obra fica igual a uma obra comum. Esse já um método muito utilizado nos EUA, Europa, Austrália e Japão, e que vem se popularizando também aqui no Brasil.

Geralmente, a construção modular carrega um estigma de construção sem arquitetura e padronizada. Mas, na verdade, isso se dá por conta de sua leveza e alta resistência do aço, que é possível construir com liberdade arquitetônica e flexibilidade.

O tamanho máximo para o procedimento é determinado pelo limite do meio de transporte utilizado. Como aqui no Brasil, a maioria dos transportes é feito por rodovias, são utilizados caminhões prancha de 3,2m de largura para locomover os módulos, de modo que a dimensão continue igual. A altura limite fica por conta dos viadutos e fiações ao longo do trajeto.

Os padrões a serem seguidos nos módulos, se referem apenas aos processos aplicados durante a fabricação, além de alguns materiais básicos. Com relação às dimensões, acabamentos e arquitetura, os mesmos são exclusivos.

Filosofia Lean de fabricação

A construção modular, a engenharia civil e a engenharia de produção, se reúnem para implementar a filosofia Lean de fabricação, que apresenta os seguintes fundamentos:

– Minimização de desperdícios;
– Melhoria contínua;
– Flexibilidade dos produtos;
– Qualidade total.

Essas são características que agregam mais qualidade, inovação e rapidez contínua nas obras. E assim, além de já ser muito inovadora, ela consegue evoluir rapidamente, e atinge a cada dia, maiores padrões de eficiência.

O que achou do conteúdo? Deixe o seu comentário abaixo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *