BLOG

Pavimento rígido x Pavimento flexível: Existem diferenças?

Andar em ruas, rodovias e avenidas bem pavimentadas, é ótimo não é mesmo? Mas, com certeza, você se pergunta como aquilo foi feito, e que tipo de pavimentação foi utilizado para que o local ficasse perfeito para o tráfego. No post de hoje, vamos falar sobre dois tipos de pavimentos: pavimento rígido e pavimento flexível. Continue lendo para descobrir se existem diferenças entre os dois.

Características da pavimentação

Para que existam rodovias de qualidade, facilitando a locomoção de pessoas e o transporte de mercadorias, é necessário pavimentar. A pavimentação contribui muito, principalmente, para o aumento operacional do tráfego de veículos, por meio da implantação de uma superfície mais regular e mais aderente.

Isso é o que proporciona aos usuários um conforto maior no deslocamento, e mais segurança quando a pista estiver úmida ou molhada.

Basicamente, são dois os tipos de pavimentos que podem ser utilizados: o rígido e o flexível, conforme dissemos anteriormente. A seguir, listamos as diferenças entre os dois.

Pavimento rígido

O pavimento rígido trabalha de uma forma diferente dos flexíveis, ou seja, distribui em uma área maior os esforços que o tráfego solicita, ao invés de concentrá-los em um ponto de aplicação, como é feito com o pavimento flexível.

Além disso, quando comparado ao pavimento flexível, as necessidades de manutenção e de reparo são menores, uma vez que resistem mais às ações do tempo, e não sofrem com o ataque de substâncias químicas que podem deformá-lo. Vale destacar também que, a vida útil do pavimento rígido é superior, com duração de no mínimo 20 anos.

Pavimento flexível

O pavimento flexível é definido como uma estrutura que apresenta múltiplas camadas, resistentes, e que irão distribuir os esforços que a faixa de rolamento necessita, uma vez que essa é a camada que efetivamente possui contato com veículos e pedestres. Além disso, contribui com a impermeabilização da via, evitando a erosão causada pelo tráfego no solo.

No pavimento flexível, os esforços são distribuídos em parcelas. Essas parcelas são equivalentes através das camadas, e trabalham em conjunto. Para esse tipo de pavimentação, o asfalto é o material mais comum. O pavimento rígido ainda é o mais utilizado.

O que achou do nosso post de hoje? Deixe o seu comentário abaixo.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *