Menu
Logo Links Úteis | Etesco

Quais são as formas de pavimentação asfáltica existentes?

Atualizado em 21/03/2023
Tempo de leitura: 2 min.

A pavimentação asfáltica é conhecida como o processo de revestimento de vias urbanas. É uma estrutura de camadas múltiplas e uma mistura de agregados e ligantes asfálticos, responsáveis por revestir as ruas, avenidas e rodovias.

Canva | Fonte: alexandrumagurean

E você sabia que existem diferentes formas de fazer a pavimentação? No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o assunto. Continue nos acompanhando!

Pavimentação: qual a finalidade?

Podemos dizer que a pavimentação asfáltica apresenta diferentes camadas em sua composição, sendo materiais sobrepostos e compactados a partir do subleito. 

O subleito é o terreno natural, isto é, o local onde será a via e que tende a sofrer danos, sendo sobrecarregado devido às solicitações que recebe, tanto verticais, quanto horizontais. 

Quando isso acontece de maneira contínua, consequentemente ocorre o processo de degradação, prejudicando o tráfego. É justamente essa a função do pavimento, ou seja, evitar esse tipo de problema.

Desta forma, então, é possível garantir mais segurança na via, principalmente por se tratar de uma estrutura não perene. Isto significa que ela permanece um longo tempo em boas condições para o tráfego.

Principais tipos de pavimentação asfáltica 

Para cada terreno, existe um tipo de pavimentação, de acordo com as necessidades identificadas.

Antes de iniciar a pavimentação asfáltica, são realizados estudos para que as propriedades geotécnicas da região sejam conhecidas, bem como a intensidade de tráfego e a interface de sistema de drenagem. 

Entre os principais tipos de pavimentação, podemos destacar:

  • Pavimentação rígida;
  • Pavimentação semirrígida;
  • Pavimentação flexível.

Pavimentação rígida

Pavimento rígido é aquele que não sofre deformações e por esse motivo, requer menos manutenção

É muito indicado para locais que recebem cargas estáticas e apresenta uma ótima resistência ao óleo e combustíveis. Pode ser utilizado em corredores de ônibus, por exemplo.

Pavimentação semirrígida

Um tipo de pavimento intermediário, devido ao seu nível de deformação, que em relação ao anterior, é maior. 

Sua composição possui uma base cimentada com revestimento flexível, sendo utilizado em locais onde é mais comum o tráfego de veículos pesados.

Outra característica que o difere do pavimento rígido é a fácil manutenção, além de ser uma alternativa para projetos que possuem um baixo orçamento.

Pavimentação flexível

Esse tipo de pavimentação asfáltica é produzido por bases granulares. Embora necessite de manutenção e intervenções frequentes, sua composição permite que seja utilizado em vias públicas, suportando o alto tráfego.

Agora que você já conhece todos os tipos de pavimentação asfáltica, deixe um comentário e conte-nos o que achou do conteúdo de hoje!

E até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Asfalto de borracha: veja como ele está revolucionando a pavimentação urbana com exemplos de aplicação e seus impactos positivos.
Ler Mais
Estudo de solo: veja como interpretar relatórios de estudo de solo para otimizar o manejo da terra.
Ler Mais
1 2 3 18

Desenvolvido por Surya Marketing Digital.

Todos os direitos reservados © 2024
Site atualizado em:
14:35 | 19/07/2024