Menu
Logo da Etesco Construções

Tipos de Equipamentos de Dragagem: Conheça as tecnologias

Atualizado em 26/11/2021
Tempo de leitura: 3 min.

Existem diferentes tipos de equipamentos de dragagem, classificados de acordo com a tecnologia empregada para o seu desenvolvimento. São as dragas mecânicas e hidráulicas, cada qual indicada para diferentes tipos de sedimentos e áreas de trabalho.

A dragagem é um processo que consiste em fazer a escavação e a retirada de sedimentos depositados em lagos, rios, no oceano ou em lagoas industriais. Consiste em uma técnica delicada que precisa ser feita com equipamentos de dragagem adequados. 

Como cada um desses ambientes tem características específicas, existe mais de uma tecnologia para desenvolver equipamentos de dragagem. A escolha dele se baseia no estudo feito da área e também conforme o tipo de sedimento com qual se vai trabalhar. 

Neste artigo você vai conhecer as tecnologias utilizadas para o desenvolvimento dos diferentes tipos de equipamentos de dragagem. Acompanhe!

Os diferentes Tipos de Equipamentos de Dragagem 

Para realização de diferentes projetos de dragagem, foram desenvolvidos tipos de equipamento com tecnologias distintas, a fim de atender necessidades variadas. Sendo assim, os equipamentos de dragagem podem ser mecânicos, hidráulicos ou mistos

Equipamentos Mecânicos 

Nessa categoria entram as dragas alcatruzes, caçambas e escavadeiras. Esse tipo de equipamento é utilizado para remover materiais como areia, cascalho, turfa, argila e outros sedimentos muito coesivos. Eles aplicam uma força mecânica direta para fazer a escavação desses materiais, independentemente da densidade que apresentam. 

As escavadeiras flutuantes podem conter caçamba ou garras; e existem também as dragas de alcatruzes, muito conhecidas como bucket ladders. Elas trazem os sedimentos do fundo até uma esteira, que transporta esse material para uma determinada distância ou faz o despejo dele em outra embarcação.

Equipamentos Hidráulicos

São as dragas de sucção comuns ou com desagregadores e as dragas auto transportadoras. Esse tipo de equipamento é mais indicado para remover um silte pouco consolidado ou areia, fazendo a remoção e o transporte dos sedimentos ainda em forma líquida.

Geralmente costumam ser bombas centrífugas que são acionadas por motores. Elas são montadas em barcas e sugam o material transportado por meio de tubulações, que são mantidas na água com auxílio de flutuadores. Essa bomba produz um vácuo e a própria pressão da água faz com que os sedimentos sejam transportados para a tubulação.

Dragas de Sucção Aspiradoras

Nesse tipo de equipamento os sedimentos são aspirados por meio de um grande bocal, parecido com os aspiradores de pó. O material é desagregado utilizando jatos de água, em seguida, é aspirado junto com a água pelos tubos de sucção. Nesse caso, a operação é feita contra a corrente de água e consegue fazer cortes em bancos de sedimento com até 10 m de largura. 

Dragas de Sucção Cortadoras

Esses equipamentos contêm um sistema rotor aspirador com lâminas, responsáveis por desagregar o material que já está consolidado. Assim, ele pode ser facilmente aspirado pelo tubo de sucção.

O funcionamento desse tipo de draga é igual ao daquelas com tecnologia aspiradora. A eficiência maior se dá porque, em vez de trabalhar apenas em linha reta, esse equipamento faz uma trajetória em arco.

As dragas do tipo auto transportadoras são uma variação das dragas de sucção cortadoras. Nesse caso, consiste em navios equipados com tanques com fundo móvel. Assim, o material que foi dragado é depositado ali e, em seguida, transportado sem a necessidade do uso de barcaças.

Como as dragas hidráulicas aspiram os sedimentos junto com uma grande quantidade de água, é preciso realizar o processo chamado overflow. Quando os tanques das barcaças ou das dragas auto transportadoras enchem, é feita a eliminação da água excedente transbordando para fora da embarcação, a fim de liberar espaço para dar continuidade ao trabalho.

É válido ressaltar que nenhuma das tecnologias utilizadas para o desenvolvimento de equipamentos de dragagem pode ser considerada melhor do que a outra. Isso porque, como explicamos, existem características diferentes nas áreas que são trabalhadas; logo, são necessários equipamentos que atendam as necessidades de cada projeto.

Por isso é fundamental fazer uma boa análise da área antes de dar início ao projeto. Desse modo, são definidos quais tipos de tecnologias e equipamentos de dragagem são mais adequados conforme o tipo de trabalho que será feito, para garantir a eficiência e evitar danos ao próprio equipamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 18 / 02 / 22
Sabia que os rios poluídos podem ser revitalizados? Descubra como funciona o processo de revitalização de um rio.
Ler Mais
 | 26 / 10 / 21
Sabia que a dragagem é composta por diferentes etapas? Veja como esse processo é realizado e ainda conheça os diferentes tipos de dragagem.
Ler Mais
1 2 3 5

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.