Menu
Logo da Etesco Construções

Como funciona o pavimento rígido no canteiro de obras?

Tempo de leitura: 2 min.

Quando olhamos para as ruas, rodovias e avenidas nem imaginamos o quanto o pavimento foi importante na concepção dessas estruturas, afinal, ele é responsável por garantir segurança e facilitar a locomoção. E você sabia que existem alguns tipos de pavimento, entre eles o pavimento rígido?    

Envato Elements | Fonte: liufuyu

Quer entender como ele funciona e conhecer suas vantagens para as vias urbanas? Continue nos acompanhando!

Afinal, o que é o pavimento rígido?

O pavimento rígido é um revestimento utilizado no Brasil desde a década de 1990, devido a sua durabilidade e por ser um material econômico

Sua composição apresenta uma camada única de concreto armado junto ao cimento asfáltico de concreto (CAC). Esse é um tipo de pavimento que apresenta um nível de rigidez elevado quando comparado a outras camadas, como as inferiores e espessuras fixas.  

É constituído de placas de cimento Portland, dispostas no solo e funcionando como um revestimento e base. Outro detalhe muito comum do pavimento rígido é a sua capacidade de absorver todas as tensões e cargas pontuais aplicadas a ele, resistindo bem aos danos do tráfego intenso.

Além disso, ele exige menos intervenções, ou seja, a necessidade de manutenção é menor. Também serve de auxílio no período noturno, pois consegue ajudar na iluminação das vias e oferece uma boa aderência aos pneus dos veículos.

Onde utilizar o pavimento rígido?

Embora outro tipo de pavimento seja mais utilizado (o flexível), o uso do pavimento rígido é muito comum em estruturas como:

  • Aeroportos;
  • Rodovias;
  • Pontes;
  • Viadutos.

É importante lembrar que esse material não é indicado para superfícies que apresentam muitas alterações no terreno, pois não consegue se adaptar de uma boa maneira a esse tipo de mudanças.          

E quais são as vantagens do pavimento rígido?

Como vimos, o uso do pavimento rígido proporciona algumas vantagens para determinados projetos. Abaixo, vamos destacar melhor cada uma delas.

Alta durabilidade

Em geral, é mais resistente do que os outros tipos de pavimentos, podendo durar algumas décadas e não precisar de manutenção ou mudanças drásticas. Sua vida útil pode ser maior do que 20 anos. 

Resistência a cargas mais pesadas

Possui a capacidade de suportar cargas mais pesadas de tráfego, principalmente em aeroportos e rodovias.

Escoamento de água

Diferente do asfalto, o pavimento rígido oferece uma velocidade maior do escoamento da água. Assim sendo, devido a sua textura, diminui o acúmulo de água superficial que é formado nas pistas em dias de chuva, e assim ocorre uma resistência maior à derrapagem.

Mais econômico

Com o pavimento rígido é possível minimizar os gastos com ar-condicionado, ele consome até quatro vezes menos energia em sua aplicação, reduzindo assim a poluição ambiental.

Claro que, como todo material de construção, este também apresenta suas desvantagens. Mas esse é assunto para um próximo post.

Gostou do conteúdo? Apresenta alguma dúvida? Comente abaixo e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Também conhecido como asfalto permeável, o asfalto ecológico é um material inovador utilizado em rodovias e promovendo benefícios ambientais. ENTENDA!
Ler Mais
Para garantir a durabilidade e resistência de uma construção, é utilizado um método conhecido como cura do concreto. Entenda como funciona e qual o tempo de realização!
Ler Mais
1 2 3 15

Desenvolvido por Surya Marketing Digital.

Todos os direitos reservados © 2024
Site atualizado em:
13:40 | 01/03/2024