Menu
Logo Links Úteis | Etesco

Você já ouviu falar em concreto autocicatrizante? Entenda como funciona

Atualizado em 12/04/2023
Tempo de leitura: 2 min.

Na construção civil, o concreto é um dos materiais mais utilizados, sendo também um dos mais propensos a trincas e fissuras, que podem surgir por diversos motivos e gerar consequências no projeto. Para evitar esse tipo de problema, foram desenvolvidas novas soluções, sendo uma delas o concreto auto cicatrizante. 

Canva | Fonte: bgwalker

Se você ainda não conhece ou nunca trabalhou com esse tipo de material, continue nos acompanhando para saber mais detalhes! 

Afinal, o que é o concreto autocicatrizante?

O concreto autocicatrizante é uma espécie de tecnologia inovadora, isto é, um material que permite, por meio de seus compostos, a regeneração do concreto que contenha fissuras ou trincas.  

Começou a ser desenvolvido em meados dos anos 2000 pelo International Union of Laboratories and Experts in Construction Materials, Systems and Structures (RILEM), um comitê internacional com foco em soluções e inovação para a construção civil. 

A ideia era trabalhar em um material que fosse capaz de reparar fissuras e trincas estáticas em construções pesadas ou com difícil acesso, como túneis, por exemplo.

No Brasil, o concreto autocicatrizante começou a ser desenvolvido em 2011 pelo o Departamento de Materiais do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA). 

Como funciona o concreto autocicatrizante?

Na composição do concreto autocicatrizante existem algumas particularidades. Ele apresenta uma quantidade maior de minerais específicos, de acordo com o tipo de cimento utilizado. 

Essa junção recebe o nome de adição mineral suplementar. Em casos onde o cimento possui um excesso de sílica, como o CPIII, os minerais são adicionados a essa mesma base. 

Justamente esse excesso de mineral faz com que o concreto se torne autocicatrizante, além da adição do aditivo cristalizante, elementos que, quando penetram na água, dão início ao processo de cicatrização. 

Onde o concreto autocicatrizante pode ser aplicado?

Conforme dissemos, esse tipo de concreto é recomendado para construções pesadas. Por isso, não vale a pena utilizá-lo em qualquer outra obra, por apresentar um custo maior do que o concreto convencional.

Ainda assim, o investimento pode compensar em muitos casos, por apresentar uma durabilidade maior e o aditivo cristalizante, fazendo com que o material possa ser utilizado em diversos tipos de estrutura, como a concretagem de fundações e estruturas industriais.

Agora que você já sabe como funciona o concreto autocicatrizante, conte-nos o que acha do uso desse material para regenerar fissuras e trincas. Comente abaixo!

E até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Asfalto de borracha: veja como ele está revolucionando a pavimentação urbana com exemplos de aplicação e seus impactos positivos.
Ler Mais
Estudo de solo: veja como interpretar relatórios de estudo de solo para otimizar o manejo da terra.
Ler Mais
1 2 3 18

Desenvolvido por Surya Marketing Digital.

Todos os direitos reservados © 2024
Site atualizado em:
14:35 | 19/07/2024